sábado, 22 de março de 2014

Estado atrasa plantões do Samu

SAMU Governo do RN demora a pagar equipes 
Para se ter ideia a quantas anda o governo Rosalba Ciarlini (DEM), soube por meio de fontes de entidades médicas, que até esta data, 21 de março,  a Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) ainda não pagou janeiro aos médicos plantonistas do Samu – Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. São plantões de 24 horas e 12 horas sem que as equipes – médicos, técnicos de enfermagem e motoristas socorristas –  recebam em dia, como deveria ser até para estimular esses profissionais.

É um absurdo, falta de respeito ao trabalho dos profissionais e incapacidade de gestão. Como se quer resgatar credibilidade num setor vital dessa forma? Pelo que eu soube, janeiro que deveria ter sido pago até 10 deste mês, no mais tardar 15 de março, o dinheiro não entrou na conta. A Sesap-RN diz que a ordem de pagamento está seguindo para o banco e depois adia para outra data, como se ninguém tivesse compromisso na vida. Esse é o Samu mantido graças a parceria com o governo federal, que o Estado não cumpre direitinho sua parte.

Quando falta médico, técnico em enfermagem ou motorista socorrista num serviço desses, indispensável dizer essencial, muitas vezes a população ignora as razões. Ora, quase sempre é culpa da má gestão, da desorganização financeira estadual e da falta de zelo com a coisa pública. Fica-se então adiando pagamentos que já eram para ter sido feitos. Por isso e muito mais está aí outra greve na rede estadual de saúde do RN, pois o governo só se mexe a ferro e fogo para resolver problemas.

A mais recente informação da Sesap-RN  dá conta que o dinheiro dos plantonistas sai entre terça e quarta-feira da próxima semana. Talvez sim, talvez não! – vamos admitir. E assim outro mês passa. A Coopmed-RN (Cooperativa dos Médicos do Rio Grande do Norte), que encaminha os plantonistas, fica até sem graça para dar satisfação a quem não recebeu. Quantas vezes a Coopmed já não suspendeu o envio de médicos especialistas a hospitais para forçar o governo a pagar? Perde-se a conta.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIASCO DE GOVERNO

Está simplesmente imperdível a análise deste período de um ano e meio do governo brasileiro do ex-capitão Jair Bolsonaro, que a jornalist...

MAIS VISITADAS