sexta-feira, 14 de março de 2014

Cidade ficou intransitável

Debaixo da chuva que caiu nesta quinta-feira, 13 de março, em Natal, a cidade ficou praticamente sem alternativa para o trânsito em todos os sentidos e regiões urbanas. Foi um dia de deus-nos-acuda! Alagamentos por toda parte e congestionamentos também, dificultando o fluxo normal de veículos pelas principais avenidas e ruas da cidade, já complicado por conta das obras de mobilidade.

Choveu pela manhã e também à tarde, chuvas intermitentes de grande intensidade, dando um nó no trânsito em vários locais de trechos urbanos, em consequência de alagamentos, queda de árvores, inundações e interdições de vias em pontos da cidade. Carros enguiçados, outros andando na contramão, motoristas sem se entenderem, um dia de muito caos para quem arriscou sair de casa.

Por necessidade tive que ir à redação da revista em que trabalho na parte da tarde. No meu retorno do Centro para a zona sul, bem antes da noite cair, tive dificuldade de chegar em casa. Até porque a avenida Jaguarari que pego como alternativa menos congestionada, a certa altura, próximo à Capitão Mor-Gouveia, em Lagoa Nova, estava interditada num trecho.

Terminei entrando por outras ruas transversais fugindo da interdição e acompanhando os demais carros, porém lá adiante a situação se complicou. Ruas estreitas que não comportavam a demanda e aí foi aquele nó no trânsito. Ninguém se entendia e se tornou difícil sair em direção ao bairro de Candelária. Fiquei meio desorientado, perdido, sem sequer saber onde estava e só mais na frente me achei.

Alcancei a Prudente de Morais e daí, por dentro de Candelária cheguei à BR 101 e ao viaduto de Ponta Negra, enfrentando o aguaceiro e as retenções no trânsito. Ufa! Até que enfim cheguei ao meu apartamento. Mas só depois de desviar da rota normal. Pior mesmo foi quem teve a rua alagada, que ficou sem acesso à garagem de casa.

À noite continuou chovendo, mas aí muita gente já estava em casa, respirando aliviado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIASCO DE GOVERNO

Está simplesmente imperdível a análise deste período de um ano e meio do governo brasileiro do ex-capitão Jair Bolsonaro, que a jornalist...

MAIS VISITADAS