quarta-feira, 27 de junho de 2018

O hub aéreo de Fortaleza

Andei por Fortaleza em maio recente, e vi por lá num jornal impresso, que o hub aéreo (central de conexões) sem êxito aqui no RN, depois de tanto alarde e incentivo fiscal, emplacou no Aeroporto de Fortaleza discretamente.

Não como empreendimento das companhias LAN e TAM que juntas geraram o nome Latam. O projeto da Latam aqui era disputado no Nordeste pelos aeroportos de Natal, Recife e, inclusive, Fortaleza. Mas no Ceará se concretizou numa parceria da Air France-KLM com a GOL.

Pois bem, lá em Fortaleza essa central de conexões aérea funciona desde 3 de maio, quando foi inaugurada festivamente. E aqui no RN? Neca de pitibiriba.

Foi mais um fiasco do governo Robinson Faria (PSD), entre tantos que estão acontecendo desde o início de sua gestão. Não se pode colocar a culpa em tudo na crise financeira.

No caso do hub fortalezense um bom benefício  tem sido o barateamento das passagens aéreas para os brasileiros e ampliação dos destinos para os europeus no Norte e Nordeste, especialmente Recife , Natal, Salvador, Belém, Manaus e até Brasília.

Estamos perdendo feio desde o sonho da grande refinaria que foi para Pernambuco.

Fiquei a lamentar nossas dificuldades e falta de competência para avançarmos e prosperarmos. É isso aí: "Quem pode, pode; quem não pode se sacode."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O dever de casa

Por que é que o Ceará faz o dever de casa, mas o governo do Rio Grande do Norte não? Quando eu estive em Fortaleza, entre final de agosto...

MAIS VISITADAS