terça-feira, 11 de março de 2014

Liderança sem iniciativa

O PMDB do Rio Grande do Norte caminha para as eleições deste ano a passo de tartaruga sem saber ainda que rumo tomar. O PT cansou de esperar e resolveu aliar-se ao PSD, fortalecendo o vice-governador Robinson Faria (PSD), candidato ao governo do RN, que já botou seu bloco na rua.

Fez bem os petistas, pois quem muito espera termina perdendo o bonde da história. Para ser sincero, o PMDB está em mãos erradas. O deputado federal Henrique Alves é muito devagar, indeciso e sem rumo.

A liderança do partido no Estado deveria ser do ministro Garibaldi Alves Filho, que sabe o que quer e que direção tomar – não é mesmo? O que Henrique espera? Nem Deus sabe!

Talvez espere pela governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e o senador José Agripino Maia (DEM). Quanto a governadora tem destino incerto e ignorado, dada a baixa popularidade e processos de inelegibilidade.

A expectativa agora se volta mais para a ex-governadora Wilma de Faria (PSB), que está entre se lançar candidata novamente ao governo do Estado ou disputar vaga para o Senado.

Nesta marcha, o PMDB vai terminar esquecido e ficando a reboque dos acontecimentos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIASCO DE GOVERNO

Está simplesmente imperdível a análise deste período de um ano e meio do governo brasileiro do ex-capitão Jair Bolsonaro, que a jornalist...

MAIS VISITADAS