sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Tempos de patrulhamento

Estamos vivendo uma época de tempos difíceis. Tudo é racismo, é preconceito, é discriminação. Como diz um velho ditado, temos de andar pisando em ovos, falar só o estritamente o necessário e com cuidados, porque senão você pode ser interpretado de forma errada. Leio a notícia que a música mencionando as palavras "senzala" e "pretinha" do potiguar Artur Soares está causando polêmica nas redes sociais. Pelo visto, nem de forma carinhosa, íntima, você não pode tratar alguém de "neguinho" ou "nega". Pense antes! As patrulhas estão por aí e em tudo parece ver "chifre em cabeça de cavalo". O problema é que isso está virando censura e não mais combatendo racismo de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FIASCO DE GOVERNO

Está simplesmente imperdível a análise deste período de um ano e meio do governo brasileiro do ex-capitão Jair Bolsonaro, que a jornalist...

MAIS VISITADAS