domingo, 28 de maio de 2017

A fuga em massa no RN

Para dizer uma palavra da moda, uma das notícias mais impactante do noticiário policialesco potiguar desta semana que terminamos, foi a fuga de 88 presos do Presídio Estadual de Parnamirim (PEP), região metropolitana de Natal. É considerada a maior fuga de presos no Estado em tantas que já ocorreram nestes últimos dois anos e meio do governo Robinson Faria (PSD/RN).

Desde a divulgação do fato, na quinta-feira (25/05), a população da cidade de Natal e municípios da sua circunvizinhança não tem tido paz. O medo e a insegurança passaram a fazer parte da rotina dos norte-rio-grandenses, sobretudo os que moram na capital ou municípios próximos.

Pelas informações oficiais, até agora, desse total de 88 fugitivos, apenas 14 foram recapturados, enquanto um teria sido morto em confronto com policiais, perfazendo 15.

Essa fuga recente é mais uma prova de que o sistema carcerário do RN é uma brincadeira de prender. Enquanto isso o governo Robinson bate cabeça para construir novos presídios e reformar os já existentes no Estado. Até lá, com presídios superlotados e em condições precárias, tome fugas!
_____________
Um avisinho
A partir desta semana que está se iniciando, o blog Fatos e Notas não terá mais dia nem hora para postar seus artigos – geralmente curtos para facilitar a leitura rápida. E já começamos hoje, domingo, 28 de maio. As postagens serão livres em tamanhos de textos e intervalos de espaços, voltando aos títulos em caixa baixa.  Na mesma postagem poderá haver mais de uma nota – ou não. É mais uma inovação na tentativa de nos mantermos ligados. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apenas uma fatalidade

A morte de Gugu Liberato aos 60 anos, causada por um acidente doméstico, assim tão de repente, trouxe-me à lembrança um surrado dizer p...

MAIS VISITADAS