quarta-feira, 24 de maio de 2017

PLANINHOS DE SAÚDE

Com a saúde pública deficiente, sem dar resposta satisfatória à demanda, a classe média se socorre nos planos de saúde que se multiplicaram por aí, muito mais em busca de lucratividade do que de prestar um bom serviço médico-hospitalar a essa clientela.

Como é triste ver em nosso país tanta roubalheira e uma rede pública sem atender às necessidades dos que lhe batem as portas em busca de assistência. Pessoas com doenças graves, como câncer, que necessitam de um exame laboratorial urgente e ficam à espera sem saber a quem recorrer.

Isso causa indignação, revolta, impotência. Até porque se sabe que dinheiro existe, o que falta são bons gestores, uma destinação correta e sobretudo honestidade com o bem público. Com o atual desemprego no país, a demanda só tende a crescer, pois muitos perdem o plano de saúde empresarial.

A propósito de planos de saúde, nem todo plano presta boa assistência. É preciso que se esteja consciente disso. Basta dizer que levantamento com 118 planos de 27 operadoras no país, mostra que fatores de barateamento podem resultar num serviço que não atende adequadamente o contratante.

Ao menos é isso que nos diz pesquisa inédita do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) com planos de saúde ofertados na cidade de São Paulo, com preços abaixo da média do mercado. São os chamados "planinhos" com rede de atendimento reduzida e abrangência restrita.

Então, a pesquisadora e advogada do Idec, Ana Carolina Navarrete, responsável pelo levantamento, adverte: "A proposta de planos acessíveis não visa baratear o valor do plano, mas apenas fornecer uma justificativa mascarada para a alteração das regras que protegem o consumidor".

Daí é bom tomar cuidado na contratação de plano de saúde para escapar do mau atendimento na rede pública de saúde. É isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fim dos radares

facebook.com/joseaecioacosta Inacreditável a notícia que diz "Após cancelar radares fixos, presidente [Jair Bolsonaro] quer fim do...

MAIS VISITADAS